Notícias

08/06/2018 17:16:39

Ministro do STF arquiva inquérito que investigava Onyx Lorenzoni por caixa 2

Ministro do STF arquiva inquérito que investigava Onyx Lorenzoni por caixa 2

O ministro Luiz Fux determinou o arquivamento do inquérito que investigava o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) por prática de caixa 2 na campanha eleitoral de 2006. A decisão é da última quarta (6) e foi publicada na quinta (7). Há um ano, a defesa do político pediu o arquivamento, alegando que a planilha de propina da Odebrecht em que o nome dele aparece foi fraudada.

Na decisão, Fux escreve que há "ausência de indício suficiente de conduta delitiva". A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, segundo o ministro, requereu o arquivamento, alegando que "diligências realizadas não foram suficientes para elucidar a materialidade do suposto crime."

O Ministério Público Federal dizia que Onyx havia recebido R$ 175 mil da empreiteira, dinheiro que não aparece na prestação de contas.

O deputado publicou um vídeo nesta sexta (8) em uma rede social comentando a decisão: "Quero deixar claro para gente que escreveu bobagem em rede social, gente que me julgou sem me conhecer: nunca estive envolvido em corrupção", diz.

Onyx foi citado pelo ex-diretor da Odebrecht Alexandrino de Salles Ramos de Alencar e passou a ser investigado pelo crime de falsidade ideológica eleitoral. O codinome do deputado na planilha seria 'inimigo'.

O delator disse que procurou o candidato a deputado federal durante a campanha eleitoral de 2006 e ofereceu doação para campanha.

Alexandrino contou que avisou, já na primeira conversa, que a doação seria via caixa 2 e que o então candidato do extinto PFL não se opôs. Segundo ele, Onyx sabia que o valor seria não seria declarado à justiça eleitoral. Conforme o delator, o encontro ocorreu em um restaurante de Porto Alegre.

Também no vídeo divulgado nas redes sociais, o deputado diz que vai fazer com que Alexandrino perca "qualquer eventual benefício que ele tenha", se referindo ao fato de ele ser delator.

Caixa 2 da JBS

Em outra delação em que aparece, Onyx Lorenzoni admitiu o recebimento de caixa 2 da empresa JBS. Em entrevista à RBS TV, ele assumiu o erro, mas disse que o valor era inferior aos R$ 200 mil citados pelo empresário Ricardo Saud. Afirmou que, na ocasião, não tinha como declarar o valor na Justiça Eleitoral.

Segundo depoimento do delator, que foi confirmado pelo deputado, o dinheiro foi entregue pelo presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), Antônio Jorge Camardelli, no dia 12 de setembro de 2014. Contatado pela reportagem à época, Camardelli não se posicionou.

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

G1



Voltar

Entrevistas

  • Carlos Augusto Brum de Souza, Prefeito de Tupanciretã - Parte 2
    • Carlos Augusto Brum de Souza, Prefeito de Tupanciretã - Parte 2

    • 18/06/2018 11:14:13
  • Carlos Augusto Brum de Souza, Prefeito de Tupanciretã - Parte 1
    • Carlos Augusto Brum de Souza, Prefeito de Tupanciretã - Parte 1

    • 18/06/2018 11:12:11
  • Plantão da Brigada Militar
    • Plantão da Brigada Militar

    • 18/06/2018 11:08:06

Últimos recados

    • 07.05.2018
    • Alex Fernando da Silva
    Gostaria de saber como faço pra colocar um anúncio na rádio Tupã
    • 21.03.2018
    • NEI JOSE DIAS PACHECO
    ALGUNS ANIVERSARIANTES DE HOJE - 21.03.2018 JOAO MARINO DOS SANTOS - TOMATE, LEONARDO CARVALHO, JOSE ROGERIO MACHADO SALLES, CARMEM LUCIA MARTINS PATIAS, GENY SILVEIRA RIBEIRO, CARMEM LOTTI, VIVIAN LOTTI, ENARA GUTERRES. favor divulgar nas sociais, obrigado.
    • 05.02.2018
    • Maria do Carmo Costa
    Antigamente acompanhava todas as notícias da cidade pelo site. Por que agora não tem mais, e quando tem são atrasadas? Fica difícil saber das novidades pela rádio... só bobagens.
    • 19.12.2017
    • Marcelo Peixoto Marques
    Um abraço para minha querida Tupanciretã!
    • 10.12.2017
    • Luíz Veríssimo
    Bom dia um abraço a todos os amigos da minha querida Tupanciretã , ótima programação
    • 02.10.2017
    • Larissa Fernanda
    Oi boa tarde me chamo Larissa Fernanda estou sem contato com o pessoal de Tupã, sou de santo Ângelo e estou tentando ligar pro meu namorado que mora em Tupã, Cristiano Siqueira desde ontem e não consigo contato nem com a família ... aguardo notícias.

Categorias