Notícias

05/11/2018 16:52:35

Sartori e Leite fazem primeira reunião de transição do governo no Rio Grande do Sul

Sartori e Leite fazem primeira reunião de transição do governo no Rio Grande do Sul

O primeiro encontro entre José Ivo Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB) na transição do atual para o futuro governo do Rio Grande do Sul ocorreu nesta segunda-feira (5) no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

A reunião começou por volta das 10h30 e durou pouco mais de uma hora. Eles discutiram, principalmente, assuntos ligados à crise financeira do estado, entre eles o pedido que será encaminhado à Assembleia Legisltaitiva para manutenção das atuais alíquotas de ICMS.

"Nesta semana, temos a expectativa de encerrar o processo de elaboração de uma minuta que será apresentada ao governador para que ele possa fazer esse encaminhamento e, paralelo a isso, daremos início ao nosso processo de construção junto à Assembleia para as condições de aprovação", disse o governador eleito.

Sobre a redução das alíquotas daqui a dois anos, Leite disse que "é a nossa disposição, como nos comprometemos na eleição, e este período será utilizado para uma ampla revisão do sistema tributário, que nos permita fazer a redução de impostos num sistema mais inteligente".

Eduardo Leite deve receber o estado com um déficit orçamentário de aproximadamente R$ 3 bilhões. Conforme a Secretaria Estadual da Fazenda, a dívida do estado com a União fechou 2017 em R$ 58,5 bilhões.

Na semana passada, o governador José Ivo Sartori publicou decreto com objetivo de facilitar acesso a informações relativas a atividades exercidas pelos órgãos e entidades, contas públicas e resultados de programas, projetos e ações, incluindo as metas e indicadores.

"Faremos uma transição transparente, colaborativa, de alto nível técnico e político", publicou Sartori no Twitter, antes da reunião.

Em entrevista ao programa Jornal do Almoço, da RBS TV, no dia seguinte ao segundo turno da eleição, Leite destacou que o período de transição é "importantíssimo para refinar projetos." Ele venceu o pleito com 53,62% dos votos válidos.

Nenhum nome foi anunciado oficialmente para fazer parte do próximo governo. Leite também não falou sobre a reestruturação na administração. "A gente tem uma preocupação com a estrutura, que dê condição para nosso estado de entregar os serviços", disse.

Ao menos uma nova secretaria o novo governador pretende criar. É sobre administração penitenciária. Leite afirma que segurança pública é sua prioridade.

"Entendemos como ponto nevrálgico o sistema prisional, que precisa ser qualificado. Precisamos construir novas unidades", pontuou. "E consideramos uma secretaria específica para administração penitenciária", completou.

Leite vai assumir um estado em crise. O Rio Grande do Sul paga salários parcelados desde fevereiro de 2016. Mais recentemente, passou a pagar de forma escalonada - quem ganha menos recebe primeiro. O novo governador disse diversas vezes durante a campanha que pretende colocar os salários em dia no primeiro ano de administração.

Em sua primeira manifestação após o resultado da eleição, Leite afirmou que pretende retomar "o mais rápido possível" as negociações para a oficialização do Regime de Recuperação Fiscal, já iniciadas pela administração atual.

Com o acordo, será possível que o governo fique três anos, prorrogáveis por mais três, sem pagar a dívida com a União.

Mais cedo, Eduardo Leite participou de uma reunião no Ministério Público. O governador eleito estava acompanhado do vice, Ranolfo Vieira Junior, e do coordenador de bancada do PSDB, Artur Lemos.

G1 RS



Voltar

Entrevistas

  • Indicadores Agropecuários: As informações dos indicadores Agropecuários com Marcelo Vaz.
    • Indicadores Agropecuários: As informações dos indicadores Agropecuários com Marcelo Vaz.

    • 13/11/2018 09:44:43
  • Espaço Saúde: Terapias chinesas ajudam em tratamentos e promovem saúde  Terça, 13 | Denise Coelho | 02'33''
    • Espaço Saúde: Terapias chinesas ajudam em tratamentos e promovem saúde Terça, 13 | Denise Coelho | 02'33''

    • 13/11/2018 08:50:25
  • Almanaque :Os fatos que marcam o dia de hoje na história
    • Almanaque :Os fatos que marcam o dia de hoje na história

    • 13/11/2018 08:38:21

Últimos recados

    • 08.10.2018
    • MARIZANE RODRIGUES
    Muito bom poder ouvir a rádio Tupa e matar a saudade da minha terra natal!
    • 27.09.2018
    • Candida Marilda Amaral da Silveira
    Bom dia Miguel, estamos aqui no Escritório Gastaldo Contabilidade trabalhando e curtindo a radio tupã, que sempre nos traz musicas maravilhosas e nos atualizando nas noticias locais e da região!
    • 17.09.2018
    • Elaine dos santos silva
    Estamos na escuta do programa, adoramos teu programa, aqui é o joãozinho e a elaine.
    • 24.08.2018
    • Lucia Maria Mendonça Lirio
    Boa tarde! Eu moro em Cachoeirinha e estou ouvindo a Rádio Tupã pelo computador para matar a saudade de minha terra natal e, aproveito para enviar um grande abraço para minha mana Ana Lirio da Silveira e meu cunhado João Cândido da Silveira e homenageá-los com a música LEMBRANÇAS! Um abraço Lúcia Maria
    • 16.07.2018
    • Ana Ribas
    Quero pedir a música "Não sou Tapete" - com Os Canários, em homenagem a eterna tia Canária, para meus amigos da Prefeitura. bjão
    • 13.07.2018
    • NEI JOSE DIAS PACHECO
    alguns aniversariantes de hj - 13.07.2018- ANTONIO SCHIMENECK, ALDORINDO DA SILVA MARTINS, LEANDRO MACHADO SCHMELING, WILLIAM SANTANA, PRYSCYLLA KUHN VERON, ROBERTO LUIZ CASARIN, JUSSARA GUIMARAES CARVALHO, ELIANE LIRIO, ODETE MACHADO, ADRIANO SAGRILLO, LIEGE MUGNOZ, MIGUEL FARIAS. A todos parabens, felicidades.

Categorias