Notícias

09/02/2019 09:35:46

Sobe para quatro o número de casos de dengue contraídos no RS em 2019

Sobe para quatro o número de casos de dengue contraídos no RS em 2019

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou nesta sexta-feira (8) mais dois casos de dengue contraídos dentro do Rio Grande do Sul, nas cidades de Marau e Erval Seco, na Região Norte. No total, já são quatro casos autóctones registrados em 2019 no estado.

Outros dois casos já haviam sido registrados anteriormente na região, em Panambi e Cândido Godói. Além desses, considerando os casos importados, quando a doença é adquirida fora do estado, mais oito gaúchos pegaram dengue no ano.

A transmissão da dengue, zika e chikungunya ocorre pela picada da fêmea do Aedes aegypti. O mosquito tem hábitos diurnos e se alimenta de sangue humano principalmente ao amanhecer e ao entardecer.

A infestação por Aedes aegypti no Rio Grande do Sul passou de 62 municípios em 2010 para 320 atualmente, o que equivale a uma população de mais de 9,7 milhões de pessoas, ou 86% da população do estado.

Para se reproduzir, o inseto precisa de locais com água parada, onde ele deposita os ovos. O verão, com as altas temperaturas e o aumento das chuvas, é propício para a proliferação do mosquito.

Medidas de prevenção contra o mosquito
O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) reforça que o cuidado para evitar a proliferação do inseto passa pela eliminação desses possíveis criadouros. Por isso, é recomendado:

Tampar caixas d'água, tonéis e latões;
Guardar garrafas vazias viradas para baixo;
Guardar pneus sob abrigos;
Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia;
Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;
Manter lixeiras fechadas;
Manter piscinas tratadas o ano inteiro.

Principais sintomas da dengue:
Febre alta (maior que 38,5°C), de início abrupto e que dura entre dois e sete dias;
Dores musculares intensas;
Dor ao movimentar os olhos;
Mal-estar;
Falta de apetite;
Dor de cabeça;
Manchas vermelhas no corpo;
Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

G1 RS



Voltar

Entrevistas

  • Indicadores Agropecuários - 19/04/19
    • Indicadores Agropecuários - 19/04/19

    • 19/04/2019 10:24:54
  • Previsão do Tempo - 19/04/19
    • Previsão do Tempo - 19/04/19

    • 19/04/2019 10:23:44
  • Semana Santa - Parte 02
    • Semana Santa - Parte 02

    • 19/04/2019 10:21:56

Últimos recados

    • 09.04.2019
    • Marizane Rodrigues
    Quero desejar tudo de melhor que a vida possa oferecer à minha mãe Iolanda e minha irmã Maura,que moram no bairro Elizabeth;amo muito vocês duas e sinto muita saudades! Marizane Rodrigues
    • 27.12.2018
    • Marizane Rodrigues
    Quero desde já desejar um Feliz 2019 aos meus conterrâneos desta terra amada!Que Deus nos abençoe,dê força e coragem para enfrentarmos as batalhas que estão por vir,e que tenhamos mais amor e paciência uns com os outros!Um beijo muito especial com todo meu carinho à minha mãe Iolanda e minha irmã querida,a Maura do Bairro Elizabeth!
    • 22.12.2018
    • ilza jussara demiranda
    bom dia,oferecer musica banda calmon p minha irma Iara de Miranda q veio passear la do mato grosso passar as festas, tbm p elenir maidana erick, seu nicanor( sao domingos) todos meus familiares, Boas festas a todos, saude e harmonia. ,
    • 12.12.2018
    • Luiz Fernando Messias
    A radio mais ouvida em Palmas - Tocantins
    • 29.11.2018
    • Marlon
    Rádio Tupã sempre trazendo as mais importantes informações.
    • 08.10.2018
    • MARIZANE RODRIGUES
    Muito bom poder ouvir a rádio Tupa e matar a saudade da minha terra natal!

Categorias